quarta-feira, 27 de outubro de 2010

COOPERADORES OU CONSUMIDORES - eis a questão!!!

Hoje de manhã, em meu passeio matinal pelas ondas da net, me deparei com uma pergunta feita pelo pessoal da   @conexaoeclesia no twitter - cooperadores diligentes ou consumidores assíduos?? Confesso que fiquei pensativa... 
A sociedade ocidental é altamente consumista. No feriado de 7 de setembro, após o desfile, resolvemos ter uma tarde de lazer com nossos filhos e os levamos ao cinema no Shopping. Naquele feriado as lojas estariam fechadas, apenas a área de lazer aberta. Mas nos assustamos com o número de pessoas que estavam ali passeando diante das vitrines das lojas fechadas. Enquanto esperávamos nosso filme começar, ficamos sentados observando as pessoas. Meu marido então falou que ali era o templo de Mamom e seus súditos estavam ali cultuando seu deus. Era simplesmente chocante o número de pessoas que, mesmo com o Shopping fechado estavam ali. Nem todas aquelas pessoas iriam ao cinema ou desfrutar da Praça da Alimentação. Estavam ali apenas "cultuando" o consumo. 
E fazemos isso também na igreja. Olhamos na vitrine de bênçãos, escolhemos o produto que mais nos agrada e "em nome de Jesus" o compramos, para nosso bel prazer. A lista é grande... pode ser de bens materiais - casas, carros, empregos rentáveis ou alguns mais espirituais - um ministério, ou cargo na igreja. Mas enfim o que somos - cooperadores ou consumidores??
O apóstolo Paulo em sua Carta aos Romanos no cap. 12 v. 1 nos adverte: "Rogo-vos pois irmãos, pela compaixão de D'us, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável, que é o vosso culto racional.E não vos conformeis com este mundo, mas transformais-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis a boa, perfeita e agradável vontade de D'us". O apóstolo Paulo é bem claro nesse texto. Se queremos experimentar a boa, perfeita e agradável vontade de D'us, precisamos seguir estes passos. A Bíblia não mente!!! Mas por que tantos artifícios são usados? Tantas invenções para satisfazerem nossos desejos carnais?? Por que vivemos nesse mundo como se não fôssemos cidadãos do Reino de D'us? Talvez por que estejamos esperando algo futuro, alegórico ou outra coisa parecida... Talvez por que dividimos nossa vida em secular e espiritual, nos esquecemos que nossa vida não pode ser dicotômica... Vivemos como aquelas virgens néscias que Jesus fala em sua parábola em Mateus 25:1-10, despreocupadamente... 
Nossa responsabilidade como filhos de D'us, cidadãos do Seu Reino é implanta-lo na terra. O Reino de D'us é chegado!!! Como então, queremos viver como o deus desse século determina? Como queremos trazer esse modo de vida para o Reino de D'us??
Que hoje possamos refletir - somos cooperadores diligentes do Reino de D'us ou apenas consumidores assíduos? Não devemos nos deixar enganar!! Aquilo que semearmos certamente colheremos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário